Adrian Lawson e o reuso de persianas de madeira

Adrian Lawson nasceu na Escócia, mas mora na Austrália desde 2009. O reuso sempre fez parte da sua vida, ele conta que cresceu na costa oeste da Escócia em uma pequena ilha chamada Colonsay, e devido à dificuldade na obtenção de coisas para a ilha, as pessoas tinham que improvisar constantemente através da reciclagem para sobreviver. Quando ele se mudou para a Austrália, notou que persianas de madeira ainda de boa qualidade estavam sendo descartadas e indo para aterros. Isso levou o artista a se perguntar o que ele poderia fazer com aquele rico material, e assim criou a série de luminárias Avalon reutilizando persianas.

Adrian-Lawson 01

“O que inicialmente parecia uma ideia simples logo se mostrou difícil”, diz Adrian sobre transformar as persianas em luminárias de madeira. “A maioria das persianas eram de diferentes fabricantes e também com diferentes especificações, e cada conjunto tinha sido feito para atender uma casa. Todas essas coisas complicaram, porque as ripas de madeira tiveram que ser usinadas com um tamanho padrão para fazer um produto comercialmente viável”.

Como solução, Adrian construiu seu próprio gabarito que lhe permitiu processar as ripas de madeira de até 2,5 metros de comprimento. Ele também fechou uma parceria com uma empresa de reparação local que, em vez de jogar componentes indesejáveis ​​no lixo, doa parte deles para Adrian. E ele ainda devolve aos fabricantes de persianas componentes que podem ser reutilizados por eles.

Adrian-Lawson 05

Adrian-Lawson 04

O pendente Avalon está disponível em 12 combinações diferentes: a madeira pode ser escura ou clara, o difusor branco ou opaco e os componentes de plástico nas cores verde, branco ou azul claro.

Adrian-Lawson 02

Adrian-Lawson 03

Adrian-Lawson 06

Confiram o vídeo com o processo de fabricação AQUI!

Imagens e informações: Adrian Lawson | fanpage.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *