Antes e depois de pisos pintados

Já imaginou se você mesmo pudesse transformar aquele piso feio e antiquado sem quebra-quebra? Isso é possível através de uma boa pintura feita com tintas específicas para piso. As tintas mais recomendadas para esse trabalho são do tipo Epóxi e Poliuretano, mas é preciso saber que para cada superfície de piso existe um tipo de produto recomendado, portanto é melhor conversar com o vendedor da loja antes de comprar a tinta. As tintas para piso possuem uma grande resistência química e à abrasão, diferente das demais tintas. Pra quem não pode ou não quer encarar uma obra para troca de piso pode optar por essa solução. Além do menor custo na reforma, uma pintura no piso evita o descarte de entulho no meio ambiente.

Antes de pintar o piso, é preciso remover qualquer sujeira e gordura existentes. Esse passo possui um grande impacto na aderência da tinta na superfície. Depois é preciso delimitar a área a qual a tinta será aplicada utilizando fita crepe como, por exemplo, nos rodapés, guarnição de portas e soleiras. Antes de aplicar a tinta, é importante ler as recomendações do fabricante da tinta sobre o tipo de rolo que deve ser utilizado e também o tempo correto de secagem. Não podemos esquecer que a tinta é tóxica e possui um odor muito forte, por isso é bom colocar uma máscara na hora do trabalho. Agora chega de recomendações e vamos nos inspirar com essas transformações incríveis?



Nem dá pra acreditar que esses pisos foram pintados, principalmente por causa da aplicação de estêncil em cada peça! Na gringa já existe estêncil próprio para piso, no tamanho exato do piso. Mas com criatividade, a gente pode usar papelão como molde ou usar a própria fita crepe para criar estampas como essas abaixo.

Será que vale a pena arriscar e pintar o seu próprio piso? Depende… Você realmente odeia seu piso e ele não pode ficar mais feio do que já é? Então sim!

Imagens: Reming To Avenue | Cutting Edge Stencils | Lolly Jane | Bright Green Door| Reming to Avenue | Royal Design Studio | Royal Design Studio | Sally Preston | Designer Trapped | 1915 House | Ricochet And Away | The Nester.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *