Arte com reuso de portas de madeira

O reuso de materiais não está presente apenas na criação de novos produtos, ele também aparece com frequência em diversos tipos de arte, como já mostramos aqui no blog na sessão Joias por aí. Hoje é a vez de apresentar para vocês o trabalho do designer gráfico e artista plástico Stefaan De Croock, da Bélgica, que reaproveita, principalmente, portas e pisos de madeira descartados para criar esculturas e espalhá-las pelas ruas, inovando e agregando valor a arte urbana. A madeira descartada, depois de cortada minuciosamente, vai criando formas geométricas e se encaixam como um quebra-cabeça. As cores, pinturas e texturas originais de cada porta permanecem intactas.

Stefaan dedica totalmente o seu tempo ao seu ofício artístico e a este projeto, chamado “Strook”, nome pelo qual o artista também é conhecido. Sua formação e experiência como designer gráfico ficam claros em sua visão artística. O artista conta que desenha algumas linhas básicas primeiro, e que cada desenho começa com aquela ação rápida e espontânea, mesmo impulsiva, inclinada para o desenho automático. Depois, ele cria diferentes dimensões adicionando cor, estrutura e detalhes narrativos. As linhas da história lutam pela atenção do espectador, no entanto, a grande composição se mantém em destaque.

Sobre a criação de rostos, Steffan diz: “É muito interessante construir rostos com a madeira que é jogada fora. Ela ganha uma nova vida e uma nova história”.

As imagens a seguir são do mural chamado de Elsewhere, feito em Mechelen, Bélgica, na parede lateral de uma antiga fábrica de móveis. E, por fim, tem vídeo onde é possível conferir com mais detalhes todo processo de criação do artista.

Outras obras e o nome de cada uma delas vocês conferem no link abaixo!

Imagens e informações: Strook.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *