Tijolo Ecológico: tendência de sustentabilidade e economia

Em tempos em que o desperdício atinge níveis assustadores, é cada vez mais urgente a necessidade de adotarmos medidas sustentáveis e que não agridem o meio ambiente. Para quem está pensando em construir ou reformar sua casa, uma alternativa ecologicamente correta e econômica é o tijolo ecológico. Conheça esse material e entenda porque você deve utilizá-lo na sua obra agora mesmo!

O que é?

Também conhecido como tijolo modular, o tijolo ecológico é composto por uma mistura homogênea de solo, cimento e água. O material é considerado sustentável porque, além de ter uma composição menos “química”, seu processo de curação não necessita de fogo, evitando assim a queima de lenha e a liberação de gases tóxicos.

Mas essa não é a sua única vantagem em relação ao tijolo comum. Os tijolos ecológicos chegam a ser até quatro vezes mais resistentes do que aqueles feitos com outros materiais e, além disso, possuem maior durabilidade.

Atualmente, existem três tipos de tijolo ecológico: o meio tijolo, o tijolo modular e o tijolo canaleta.

tijoloecologico2

Como é feito

Como você já viu, os elementos principais do tijolo ecológico são o cimento, o solo e a água. O solo ideal, neste caso, é o arenoso, mas também pode-se utilizar aqueles com propriedades mais argilosas. A mistura também é simples: uma parte de cimento para oito partes de terra em água.

O diferencial da produção dos tijolos ecológicos não está apenas na sua composição, mas também no processo de prensamento e cura do material. O tijolo deve ser prensado, manualmente ou por meio de uma prensa hidráulica, recebendo pressão equivalente a até 6 toneladas.

Isso permite que o material fique completamente regular e proporcione um encaixe perfeito. Depois, os tijolos são curados com água, sendo molhados por um período que varia de 3 a 7 dias, e deixados para secar. O processo todo é ecológico porque não envolve a queima de árvores – o meio ambiente agradece!

tijoloecologico1

Vantagens de construir com tijolo ecológico

Agora que você já sabe o que faz do tijolo ecológico um recurso sustentável e ecologicamente correto, confira porque este material é ideal para quem deseja uma obra rápida e barata:

● É vantajoso por ser de fácil encaixe e não necessitar de materiais extras, como pregos, arames, madeiras etc. Além disso, utiliza-se menos cimento para fazer o assentamento dos tijolos.

● O tijolo não precisa ser cortado, o que evita desperdício de material e lixo acumulado após a construção.

● Os furos dos tijolos vão facilitar, e muito, o trabalho: além de proporcionar um encaixe perfeito, eles são utilizados para passar fiação e tubulações da residência sem a necessidade de quebrar as paredes. E mais: esses tijolos também ajudam a formar um isolamento acústico e térmico (contra calor e frio).

● Você também vai economizar no acabamento, pois o tijolo ecológico requer apenas uma camada fina de revestimento. Ou, se preferir, você pode optar por um visual de tijolo exposto, estilo que anda em alta.

● Um dos principais pontos positivos dos tijolos ecológicos: preço amigável. A vantagem é que, utilizando o material ecológico, você pode economizar até 50% no custo final da obra.

tijoloecologico3

tijoloecologico4

tijoloecologico5

Uma última dica: para construir com tijolo ecológico, recomendamos a contratação de um profissional especializado que conheça a técnica de aplicação. Isso é fundamental para obter um bom alinhamento. Também é importante levar em consideração o clima do local onde você quer construir, pois este material não é ideal para lugares muito úmidos.

Viu como é possível construir a sua casa dos sonhos sem gastar muito e, ainda por cima, sem prejudicar o meio ambiente? Aposte no tijolo ecológico!

Esse post foi uma colaboração do Guilherme Not, da Tibério Construtora de São Paulo.

Imagens: Eco Construtora Favaretto | Eco Máquinas | Teto Arquitetura Sustentável | Roberto Meireles Projetos | Eco Construtora Favaretto | Tijolos Solo Cimento.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *