Assentos de banheiras

Pensar em tomar um banho de banheira nesse período de crise da água é um pouco difícil, já que a gente procura economizar água até na hora do banho.

Antigamente, a única forma de se tomar banho era na banheira. Hoje em dia, ter uma banheira no banheiro de casa é puro luxo. Acho que, além da consciência em economizar água, a praticidade da chuveirada diária contribuiu para matar o antigo hábito do banho de banheira.

As banheiras foram desenhadas para acomodar confortavelmente o corpo dentro dela. Já que existe toda essa ergonomia no formato da banheira, porque não fazer uma cadeira, poltrona ou sofá dela?

Essa ideia já foi divulgada em 1961, no filme “Bonequinha de Luxo”, estrelado por Audrey Hepburn. A personagem de Audrey tinha um sofá feito de banheira na sala. Isso na época em que as palavras sustentabilidade e supraciclagem ainda nem existiam. Incrível!
Breakfast-at-Tiffany-s-audrey-hepburn

De lá pra cá, outras versões foram surgindo. Olha só:

POLTRONAS
Com metade da banheira dá pra fazer poltronas bem legais, com diferentes tipos de pés. O desenho arredondado das banheiras dá um ar retrô às peças.

banheira1

banheira14

banheira9

banheira3

Olha essa versão cadeiras de escritório, com rodinhas!
banheira7

SOFÁS E CHAISES
Seja pra dois lugares ou um só, a regra é encher de almofadas, pra ficar o mais confortável possível.

banheira2

banheira13

banheira4

banheira5

banheira6

banheira12

Fiquei feliz que achei uma versão brasileira lindíssima! Disponível na loja Vintage Cool (link abaixo).
banheira11

MOBILIÁRIO URBANO
Versões perfeitas para praças, parques, pontos de ônibus, etc.

banheira10

banheira8

Agora estou ansiosa em encontrar uma banheira em alguma caçamba por aí pra fazer minha versão!



Imagens via: Reddish Studio | SouthernRestoration | Scoopa Upcycling | Natalia Romanova | Upcyclish |Home Talk | Reduxx | Flavor design | Reestore | Carla Fuentes Fuertes | Instructables | Vintage Cool | Junktion People | Trashformaciones

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *