Carretel de madeira: curiosidades e cuidados

Carretel ou bobina de madeira não é assunto novo aqui no blog, já mostramos ideias de mesas e poltronas feitas a partir da reutilização desse material. Como os carretéis são bastante procurados na prática da supraciclagem, neste post queremos falar mais sobre suas características técnicas e curiosidades, além dos cuidados que devem ser tomados antes de reutilizá-los. Aliás, descobrimos que carretel e bobina são o mesmo produto, o carretel somado ao fio, corda, cabo etc, recebe o nome de bobina.

montagem-carretel2

Os carretéis servem para transportar fios, cabos, cordas, correntes etc, e são fabricados em MDF, compensado ou pinus. Segundo norma brasileira, aprovada pela ABNT (NBR 6236), em carretéis para fios, cordoalhas e cabos devem ser utilizados Pinus sp ou outros tipos de madeira renovável. Os três tipos de madeira citados anteriormente são obtidos por meio de reflorestamento, considerados ecologicamente corretos. O MDF, pra quem não conhece, é um material derivado da madeira. Material durável e resistente (exceto à umidade, onde o pinus e o compensado resistem mais) e em sua fabricação não são empregadas madeiras de árvores nativas, apenas provenientes de reflorestamento (em grande parte, eucalipto e pinus). O pinus é uma matéria-prima muito usada na indústria de móveis, é fácil de ser trabalhada, porém apresenta baixa resistência ao ataque de organismos como fungos emboloradores, embora seja fácil de ser tratada.

carreteis_madeiras_

O diâmetro dos carretéis variam de 0,65 a 2,70 m, de acordo com cada fabricante. A durabilidade também varia, os carretéis podem ser fornecidos sem tratamento com durabilidade de 2 anos ou com tratamento e durabilidade de 5 anos, isso desde que sejam seguidas orientações de transporte, armazenamento e utilização estabelecidas pela ABNT. Após esse período, o material não servirá mais como bobina, apenas como carretel, pronto para ser reutilizado…como mesa, cadeira ou como mandar nossa criatividade. Por serem fortes para resistir ao transporte e manuseio dos cabos, os carretéis quando reutilizados resultam em produtos também resistentes.

carretel_tamanhos

Porém, antes de levar um carretel para casa, é importante observar bem as condições do material. Assim como falamos sobre os cuidados ao levar um pallet pra casa, com o carretel não é muito diferente, pois no transporte de cabos e etc, ele pode ficar exposto ao tempo, tomar chuva, acumular mofo e bolor, que são prejudiciais à saúde. Observe sempre se a madeira não possui sinais de apodrecimento, orifícios provocados por insetos, rachaduras irreversíveis ou outras lesões que podem comprometer o desempenho da peça como futura mesa, por exemplo. Se estiver tudo OK, hora de reutilizar! Também existem locais que vendem carretéis que não servem mais como bobinas, mas ainda em ótimo estado, inclusive lojas virtuais.

carreteis usados

Informações e imagens: sustentarqui | prysmiangroup | ifsuldeminas | blogmodaverde.

Comments

comments

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *